Julgamento lança novo álbum


Vida Loka – Rap Nacional e Cultura de Rua – O seu portal de Rap, Hip-Hop, Graffiti, Break e cultura de rua em geral.

O novo álbum de Julgamento vem com participações de artistas como X Câmbio Negro, Marcelo Veronez, BNegão e Tamara Franklin.

Considerado um dos mais icônicos trabalhos da seara do rap em Belo Horizonte o Julgamento chega ao terceiro álbum da carreira. Os primeiros são No Foco do CAOS (2008) e Muito Além (2011).  A banda conserva basicamente a mesma formação do último trabalho, composta atualmente por Roger Deff, Ricardo HD, e VOZ Khumalo (MCs), Helder Araújo (guitarra), Luiz Prestes (baixo), Giffoni e Tobias (toca-discos). O novo disco intitulado Boa Noite tem como base narrativa os acontecimentos políticos dos últimos anos, explorando através de rimas e samplers a construção midiática da realidade. Mais do que abordar as mazelas do cotidiano, o trabalho trata das reações e das possibilidades de transformação que trazem o esforço coletivo. Essa visão do coletivo, da importância da representatividade e das múltiplas pautas, trouxe um time de peso para o novo trabalho, reunindo BNegão, Tamara Franklin, Kainná Tawá, Ohana, Monge MC, Michelle Oliveira (Cromossomo Africano), Marcelo Veronez, Dokttor Bhu, Shabê, Gurila Mangani, Igor Carpe Diem e X Câmbio Negro.

As participações estabelecem diálogos com gerações distintas do rap produzido na capital, com artistas que são referência para a banda, como os veteranos BNegão e X Câmbio Negro, além de outras sonoridades musicais como, no caso de Marcelo Veronez e Michelle Oliveira. Boa Noite traz 13 faixas, todas produzidas pelos DJs e integrantes da banda, Sergio Giffoni e Tobias, exceto as músicas “Cada um vale o que tem?”, coproduzida por Helder Araújo, e “Pra Cachorro Ouvir”, coproduzida por Gustavo Souza “Gusmão” Marques. Outra marca do novo disco são as batidas “boom bap”, referência ao estilo de rap que se consolidou nos anos 90, década em que a banda iniciou sua carreira. Os elementos da chamada Golden Era do Hip Hop estão presentes sem que soem meramente nostálgicos, resultando em um álbum contemporâneo.  Além do novo disco, o grupo prepara um documentário que narra as duas décadas de trajetória, trazendo como pano de fundo as transformações sociais e do rap na cidade ao longo deste período.

O show de lançamento conta com a Direção Artística de Sérgio Pererê e acontece na programação 2018 do VAC – Verão Arte Contemporânea, dia 26 de janeiro, às 20h, no teatro Francisco Nunes (Av. Afonso Pena, s/n – Centro/ Parque Municipal Renné Giannetti – Belo Horizonte/MG). A entrada é franca e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do evento.

Este projeto é realizado com recurso da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, Fundação Municipal de Cultura

SOBRE O JULGAMENTO

“Ritmo e Poesia em sua mais pura expressão” frase que define bem o trabalho do Julgamento, grupo cuja trajetória se confunde com o desenvolvimento do rap na capital mineira. As letras engajadas somam-se aos samplers e elementos orgânicos resultando em um verdadeiro petardo sonoro. Ao longo dos o grupo dividiu palcos com nomes como Marku Ribas, Negra Li, Macaco Bong, Black Sonora, entre outros.

SERVIÇO

Julgamento – show de lançamento do álbum “Boa Noite” (Programação VAC 2018)
Data: 26 de janeiro, às 20h
Onde: Francisco Nunes (Av. Afonso Pena, s/n – Centro/ Parque Municipal Renné Giannetti – Belo Horizonte/MG)
A entrada é franca e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do evento.
Fotos (Marco Aurélio Prates)

O post Julgamento lança novo álbum apareceu primeiro em Vida Loka – Rap Nacional e Cultura de Rua.



Source link

Leave a Reply